BRTS EM OPERAÇÃO SOMENTE EM ABRIL DE 2014 - Portal Abreu e Lima em Destaque

Notícias

Portal  Abreu e Lima em Destaque

O maior Portal de Notícias da cidade de Abreu e Lima-PE

test banner

Post Top Ad

test banner

Post Top Ad

test banner

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

BRTS EM OPERAÇÃO SOMENTE EM ABRIL DE 2014

A população da Região Metropolitana do Recife só terá o prazer de andar num veículo BRT (Bus Rapid Transit) em abril do ano que vem. Essa é a previsão para o início da operação dos corredores Leste-Oeste e Norte-Sul, as duas principais promessas de mobilidade do governo Eduardo Campos para a Copa do Mundo de 2014. É o prazo para que os novos operadores dos corredores – vencedores da licitação, que teve o contrato assinado esta tarde, pelo governador – disponibilizem os veículos, confortáveis , tecnológicos e refrigerados, que custarão, em média, R$ 800 mil a unidade. E os BRTs virão em partes. Abril é a previsão de início da operação, que deverá começar com 15 ou 20 BRTs. Os dois lotes já licitados totalizam um investimento de R$ 4,5 bilhões em 15 anos, podendo ser renovados por mais cinco.
Os atrasos no cronograma da licitação das linhas de ônibus atrapalharam os planos dos futuros operadores, que ficaram de mãos atadas – como se diz – para dar o start da compra dos BRTs. E a estimativa, pelo menos oficial do mercado, é de que são necessários seis meses para montar um veículo BRT. Por isso a preocupação. Os futuros operadores – Consórcio Conorte (reunindo as empresas Itamaracá, Cidade Alta e Rodotur e responsável pela operação do Corredor Norte-Sul) e Rodoviária Metropolitana (reunindo a empresa Rodoviária Metropolitana e atuando no Corredor Leste-Oeste) vão começar, agora, a negociar com o mercado para conseguir comprar os veículos em tempo recorde. E é preciso pressa porque, pelas regras do novo contrato de concessão, eles têm até junho de 2014 para colocar 170 BRTs, novos em folha, em operação nos corredores. Nem um dia a mais nem um a menos. Até porque agora, enfim, há um contrato regendo toda a relação entre gestor público e setor privado. É  o beneficio da licitação pública.


SEGUNDA ETAPA DA LICITAÇÃO

Além de assinar o contrato com os novos operadores do sistema, na tarde desta quarta-feira o governador Eduardo Campos também lançou o edital da segunda etapa da licitação das linhas de ônibus do Sistema de Transporte Público da Região Metropolitana do Recife (STPP). São cinco lotes, que totalizam um investimento de R$ 10,5 bilhões, também em 15 anos, renováveis por mais cinco, que equivalem a 70% do sistema de transporte. Ou seja, é o esqueleto do setor, a maior parte, que mais importa. Envolverá a operação de 1.892 veículos, 269 linhas e o transporte de 1 milhão de usuários por dia. A primeira licitação (lotes 1 e 2) incluiu os corredores de BRT e linhas alimentadoras, totalizando 712 veículos, 111 linhas que transportam 732 mil passageiros.
Os cinco lotes abrangem os principais corredores do Grande Recife e terão ônibus com ar-condicionado em 554 articulados que operam as chamadas linhas troncais – que reúnem as linhas radiais (que se dirigem ao Centro do Recife) e as linhas perimetrais (que rodam nas perimetrais, interligando terminais) – tradicionalmente linhas de alta demanda, que precisam de veículos maiores e se dirigem ao Centro do Recife. As linhas troncais trafegam nos principais troncos viários da cidade, avenidas como Mascarenhas de Moraes, José Rufino, Abdias de Carvalho, Avenida Norte, Domingos Ferreira, entre outras. Os detalhes do edital ainda não são conhecidos e, por isso, o setor empresarial não pôde avaliar as exigências. O edital estará disponível para acesso a partir desta sexta-feira (29/11), no site do Grande Recife Consórcio de Transporte (www.granderecife.pe.gov.br).

Via:JC OLINE


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

test banner