EM MEIO A GUERRA RETÓRICA, COREIA DO NORTE REFORÇA SUAS DEFESAS

© Foto: AFP
A Coreia do Norte aparentemente reforçou as defesas em sua costa leste, disse a agência de notícias sul-coreana Yonhap nesta terça-feira, depois de o regime norte-coreano afirmar que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou guerra ao país e que derrubaria bombardeiros norte-americanos que estivessem sobrevoando perto da península coreana – Washington negou a declaração, a qual considerou “absurda”.

A agência Yonhap sugeriu que o país vizinho está reforçando suas defesas posicionando aeronaves em sua costa leste e tomando outras medidas depois que bombardeiros norte-americanos sobrevoaram uma área perto da península coreana durante o fim de semana. O governo de Kim Jong-unnão se manifestou a respeito da suposta movimentação militar.

Por sua vez, em Nova Déli, Índia, o secretário de Defesa dos Estados Unidos, James Mattis, afirmou terça-feira em entrevista coletiva que os Estados Unidos seguem na busca por uma solução diplomática para a crise com a Coreia do Norte. “Mantemos a nossa capacidade de dissuadir as ameaças mais perigosas da Coreia do Norte”, declarou. “Mas também apoiamos nossos diplomatas para que isso permaneça o máximo possível na área diplomática”.

Mattis lembrou os resultados dos “esforços diplomáticos” nas Nações Unidas, e particularmente no Conselho de Segurança, cujas resoluções aumentaram a “pressão” econômica e diplomática sobre a Coreia do Norte. “Este é o nosso objetivo: resolver isto diplomaticamente e acredito que o presidente Trump foi muito claro neste assunto”, afirmou.

Fonte Veja.com