SEM VERBA, IBGE ADIA CENSO AGROPECUÁRIO E CANCELA CONCURSO .


Com um corte em seu orçamento, o IBGE decidiu adiar a realização do Censo Agropecuário, que iria a campo em 2017, uma importante pesquisa que inclui informações sobre segurança alimentar e agricultura familiar.
Com isso, o concurso para preenchimento de 1.409 vagas temporárias, destinadas ao censo, foi cancelado. Os inscritos no processo terão os valores das inscrições reembolsados, informou o IBGE. O orçamento do Censo Agropecuário foi reduzido em janeiro deste ano, de R$ 330,8 milhões para R$ 266,8 milhões na LOA (Lei Orçamentária) aprovada pelo Congresso Nacional.
Nos últimos meses, o IBGE vinha negociando com o Ministério do Planejamento a recomposição deste orçamento para preparar a pesquisa, o que inclui, por exemplo, a compra de equipamentos.
"Diante dessa realidade, o Censo Agropecuário está adiado, e uma nova data para sua realização está condicionada à liberação dos recursos necessários em tempo hábil à organização da operação", informou o instituto.

Esta não é a primeira vez que a pesquisa é adiada. Dois anos atrás, após um corte no orçamento, o IBGE decidiu adiar o Censo de 2015 para 2017.Segundo o IBGE, as demais pesquisas previstas para este ano seguem preservadas "até o momento".
O censo agropecuário levanta informações que vão desde a segurança alimentar e agricultura familiar, a questões macroeconômicas, como preço dos alimentos e balança comercial, incluindo temas de sustentabilidade e preservação ambiental.
Fonte: Folha de PE