SOCIOEDUCANDOS QUE FUGIRAM DO CASE DE ABREU E LIMA PERMANECEM FORAGIDOS

Quatro socioeducandos do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Abreu e Lima, Região Metropolitana do Recife (RMR), que fugiram da unidade continuam foragidos até o final da tarde desta quinta-feira (25) de acordo com a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase). A fuga ocorreu  durante a madrugada desta quinta. 
Para saírem do local, os adolescentes tiveram que serrar uma das grades de contenção. Eles conseguiram ter acesso a área externa do local ao confeccionarem uma “tereza”, espécie de corda feita com lençóis que estavam amarrados uns nos outros. 
A Funase declarou, ainda, que a “Corregedoria da instituição vai abrir uma sindicância para apurar os fatos e responsabilidades da fuga”. “Policiais militares foram acionados imediatamente para iniciar as buscas aos foragidos”, complementa nota enviada pela instituição.
Fonte: Folha PE