BANCOS PRIVADOS REABREM, MAS GREVE SEGUE NAS AGÊNCIAS PÚBLICAS DE PE


Nenhum banco público está funcionando em Pernambuco nesta terça-feira (27), segundo o Sindicato dos Bancários. A categoria afirma que a greve continua forte no segmento, mesmo tendo chegado ao fim nos bancos privados, que retomaram o atendimento nesta manhã. Por isso, os serviços continuam interrompidos na Caixa Econômica Federal, no Banco do Brasil e no Banco do Nordeste.

“O movimento já estava forte e continua com 100% de adesão nos bancos públicos por causa de questões pontuais. Os bancários também aceitaram o reajuste de 10%, mas têm outras reivindicações, como a contratação de pessoal”, explica a presidente do Sindicato dos Bancários de Pernambuco, Suzineide Rodrigues, que visita agências de bancos públicos no Recife com uma comissão do sindicato nesta manhã.
Segundo ela, em Pernambuco, há um déficit de pessoal de pelo menos 300 bancários só na Caixa Econômica Federal (CEF). “Houve um plano de incentivo a aposentaria e 300 pessoas saíram da Caixa Econômica. Mas, até agora, não houve novas contratações. Por isso, tem bancário trabalhando por cinco”, alega, dizendo que, no Brasil, o déficit chega a 5 mil bancários. Suzineide conta ainda que também faltam cerca de 260 funcionários nas agências do estado do Banco do Brasil e 100 nas do Banco do Nordeste.
Os funcionários dessas instituições realizam nova assembleia na noite desta terça no Recife para avaliar os rumos do movimento, que também continua em outros estados brasileiros. Segundo o Sindicato dos Bancários de Pernambuco, o posicionamento do Comando Nacional de Greve será avaliado durante a votação que vai decidir a continuidade do movimento.
Bancos privados
Na noite de segunda (26), os bancários de agências privadas encerraram a greve que já durava 21 dias. Eles aceitaram a proposta de reajuste de 10% oferecida pela Federação Nacional dos Bancos (Fenabam) e voltaram ao trabalho na manhã desta segunda. A notícia aliviou muitos clientes, que chegaram a reclamar até da falta de dinheiro nos caixas eletrônicos durante a paralisação. Mesmo assim, não foram registradas filas nas agências do Centro do Recife durante a reabertura dos bancos
nesta manhã.



Fonte G1 PE