PREFEITURA DE ABREU E LIMA RECEBE AUTORIZAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBICO PARA VEDAR PORTAS E JANELAS DO HOSPITAL SÃO JOSÉ.

Unidade de Saúde encontrava-se desativada desde 2009 

A Prefeitura de Abreu e Lima, por meio da Secretaria de Obras e Defesa Civil, realizou na manhã desta quinta-feira (13), uma 1ª ação, que teve por objetivo vistoriar as dependências do Hospital São José, desativado há mais de seis anos na cidade.

A intenção do Governo Municipal é vedar com alvenaria, todas as janelas e portas que dão acesso ao prédio. O hospital foi fechado no ano de 2009 e de lá pra cá, só trouxe danos à Saúde e Segurança dos moradores residentes próximos à construção.

Segundo o Procurador Geral de Abreu e Lima, Raphael Monteiro, por se tratar de um imóvel de propriedade particular, a Prefeitura de Abreu e Lima só poderia intervir no mencionado imóvel depois de intimados os proprietários, que se mantiveram inertes e, principalmente, com o respaldo do Ministério Público, que se deu através da realização de duas audiências públicas.

A ação envolveu ainda, uma equipe da Vigilância Ambiental da cidade e o reforço de homens da Polícia Militar. Há relatos dos moradores próximos ao hospital, que o espaço também vinha sendo utilizado como local de moradia para desabrigados.

O diretor da Defesa Civil Municipal, Junior Lopes, durante vistoria feita na operação, não descartou a possibilidade de demolição do prédio abandonado, localizado às margens da BR 101. Segundo ele, existem muitas infiltrações e rachaduras em toda estrutura do imóvel. "É quase impossível imaginar que este prédio possa ter ainda alguma utilidade nas condições em que se encontra", pontuou.










Fotos: Carlos da Hora
Fonte Facebook da Prefeitura Municipal de Abreu e Lima