MPPE APURA DENÚNCIA DE BALADA EM ESCOLA

Conforme o relato de alguns estudantes, muitos pais procuraram a direção para pedir esclarecimentos sobre a festa
O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) vai apurar as denúncias sobre uma festa realizada na Escola de Referência Padre Osmar Novaes (Epon), no bairro de Paratibe, em Paulista, no dia 17 de julho passado, encerramento do semestre letivo. De acordo com denúncias feitas por um grupo de alunos à Folha, a “balada” foi regada a drogas, sexo e funk. A promotora da Infância e Juventude do município, Andréa Karla Reinaldo, deve convocar o gestor do colégio, outros funcionários e estudantes para prestar esclarecimentos.
O dia foi tumultuado nesta sexta-feira (14) na Epon, que está em atividade de jogos escolares. Conforme o relato de alguns estudantes, muitos pais procuraram a direção para pedir esclarecimentos sobre a festa, que teria sido organizada por seis alunos da unidade. O ingresso para o “baile” custou entre R$ 3 e R$ 5.
Vídeos entregues à reportagem e que teriam sido gravados durante o evento mostram preservativos espalhados pelo chão e cenas de “pegação” na pista de dança. Discutida e estimulada nas redes sociais, a “Epon Party IV” acabou sendo encerrada com a chegada da polícia depois que uma estudante foi furtada no meio do salão.
Em nota, a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) informou que está apurando o assunto e que só vai se pronunciar após concluir o trabalho. Também esclareceu que, até então, a versão oficial é de que a festa foi tranquila até a invasão de estranhos. Segundo informações repassadas pela gestão da instituição de ensino à Seduc, alunos e professores promoviam uma confraternização pedagógica quando algumas pessoas pularam o muro e invadiram o local portando bebidas alcoólicas. Isso teria levado o gestor da escola a encerrar as comemorações e a chamar a polícia. O fim da festa, porém, não foi amigável, e chegou a ser registrado um boletim de ocorrência. A Seduc informou que não há prazo limite para a apuração administrativa.
Fonte Folha PE