GÁS DE COZINHA DEVE FICAR ATÉ 12% MAIS CARO NO ESTADO A PARTIR DE SETEMBRO

O gás de cozinha vai ficar mais caro a partir de setembro. As distribuidoras ligadas ao Sindicato dos Revendedores de Gás Liquefeito de Petróleo do Estado de Pernambuco (Sinregás-PE) irão promover reajustes no GLP, com base na variação da inflação e do aumento dos itens que compõem custos operacionais e que também corresponde ao dissídio coletivo da categoria. O aumento será entre 8% e 12% podendo variar de acordo com a companhia. Outras variáveis podem incidir no preço final, como a distância da base ao destino final. 




Fonte:Folha PE