ALUNOS PASSAM MAL APÓS INGERIR MERENDA EM ESCOLA DE GRAVATÁ, PE

Nutricionistas visitarão a escola técnica na segunda-feira (17) (Foto: Magno Wendel/ TV Asa Branca)
Pelo menos dez estudantes passaram mal após ingerir uma merenda na sexta-feira (14) na Escola Técnica Estadual Professor José Luiz de Mendonça, em Gravatá, no Agreste de Pernambuco. A diretora da unidade de ensino publicou uma nota em uma rede social neste sábado (15) explicando que "as providências para os devidos esclarecimentos já estão sendo tomadas".

A estudante Elissandra Rayane da Silva, 16 anos, estava em um cursinho de pré-vestibular quando começou a passar mal no fim da manhã deste sábado. "Senti enjoo, tontura, fraqueza e dores abdominais. Mas desde ontem à noite nós ficamos sabendo que muitos colegas tinham ficado doentes. Acredito que pode ter sido algo no almoço ou na água, pois teve gente que só tomou suco e também passou mal".
Outra aluna, que não quis se identificar, relata que também começou a passar mal durante a madrugada. "Tudo indica que foi a feijoada, ou a própria água utilizada para o preparo. Tive diarreia, febre e vomitei várias vezes.
Alguns dos estudantes deram entrada no Hospital Municipal Doutor Paulo da Veiga. "Confirmamos dez alunos. O setor de epidemiologia está fazendo um levantamento para identificar se há outros pacientes com sintomas parecidos e saber se existe alguma relação", informa o diretor administrativo do hospital, John Lennon.
Por meio de nota, a assessoria da Secretaria de Educação do Estado (SEE) reiterou as informações da diretora da Escola Técnica Estadual Professor José Luiz de Mendonça e afirmou que a SEE "lamenta o ocorrido". "Na próxima segunda-feira (17), as nutricionistas, tanto da empresa responsável pela alimentação da escola como da Gerência Regional de Educação Mata Centro, estarão na ETE, a fim de coletar a amostra para posterior análise laboratorial e conversar com os alunos que se sentiram mal para melhores esclarecimentos e devidas providências".
Fonte G1 PE