IMPEACHMENT CONTRA DILMA ROUSSEFF

Após o recesso do congresso, a proposta de pedir o impeachment da presidente Dilma Rousseff deverá voltar para a agenda do legislativo.
No próximo dia 16 de agosto acontecerá manifestações contra a corrupção. Ativistas esperam que os pedidos de impeachment, agora formatado e incorporados, sejam acolhidos.

O entusiasmo com a tese do impedimento, se reascendeu na bancada do PSDB com o rompimento do presidente

 da câmara Eduardo Cunha com o governo e a manifestação do dia16.
O PSDB mesmo reconhecendo que Dilma ainda tem força para vencer no plenário, avaliam que os pedidos já seria mais um fator de desgaste.

O deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP), líder do PSDB na Câmara postou no Facebook: “ Agora vamos pedir o impeachment de Dilma, responsável maior por um governo corrupto, mentiroso e incompetente.


Chega-se à conclusão que estamos vivendo um momento difícil em nossa economia, será que um impeachment resolveria a situação a qual estamos vivendo ou o mesmo aprofundaria o restante da nossa economia num poço sem fundo. Deixo está reflexão para vocês leitores assíduos do Portal Abreu e Lima em Destaque.



Por Wellington Santana