ESTUDANTE DA UFPE MORRE ATROPELADA APÓS CAIR DE ÔNIBUS


Uma estudante da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), de 18 anos de idade, morreu depois de cair de um ônibus. O acidente aconteceu por volta das 18h30, na BR-101 Sul, na Cidade Universitária, nas imediações da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), onde Camilla Mirele Pires da Silva cursava o 3º período de biomedicina.


A vítima seguia em um coletivo que fazia a linha Barro/Macaxeira, quando a porta do ônibus se abriu, arremessando a jovem para fora do veículo. Um outro ônibus, que passava pela rodovia atropelou a estudante. Segundo informações colhidas no HGV, o acidente aconteceu pouco depois da estudante embarcar, quando a porta dianteira abriu nas imediações da Casa do Estudante da UFPE. Socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que prestaram o primeiro atendimento teriam declarado que, com base nos ferimentos, além da queda a estudante possivelmente teria sofrido um atropelamento. 

Familiares de Camilla chegaram logo ao local e a mãe, Verônica, a acompanhou na ambulância, enquanto a avó e o pai, seguiram de carro até o Hospital Getúlio Vargas (HGV), para onde a vítima foi removida e onde veio a falecer. Pouco depois do internamento, a família da estudante foi chamada e informada que ela não resistira aos ferimentos. "A mãe estava muito desesperada", disse a amiga e colega de curso Iris Presley de Oliveira, de 19 anos. O corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal do Recife (IML).

Iris Presley havia passado a tarde  com a amiga, que estaria muito feliz. "Dá tanta raiva! Você não ter condições de andar de ônibus na cidade. Os ônibus dessa linha só andam lotados, mesmo quando não é horário de pico", desabafou. Estudantes da UFPE prometem realizar um protesto na próxima segunda-feira, às 18h30. Eles pretendem fechar o tráfego da BR-101 nos dois sentidos, na altura da reitoria.

A empresa de ônibus Metropolita foi contactada pela nossa reportagem e informou que só irá se pronunciar oficialmente após a conclusão da perícia, por meio do departamento jurídico. Em nota, a UFPE lamentou a morte da estudante e cobrou apuração rigorosa do acidente. Confira o documento na íntegra:

A Universidade Federal de Pernambuco manifesta seu profundo pesar pela morte da estudante Camila Mirele Pires da Silva, vítima de acidente de ônibus na BR 101, na Cidade Universitária, por volta das 19h de ontem. Camila tinha 18 anos e era aluna do terceiro período do curso de Biomedicina. A UFPE colocou assistentes sociais e psicólogos para prestar apoio à família da estudante. A Universidade cobra das autoridades responsáveis pelo transporte público na Região Metropolitana do Recife uma rigorosa apuração dos fatos que levaram à morte da aluna.

Fonte Diário de Pernmanbuco