METRÔ DO RECIFE VOLTA A FECHAR ESTAÇÕES POR FALTA DE SEGURANÇA

CBTU suspendeu operação dos trens nesta quinta temendo briga de torcida.
Náutico pega o Salgueiro na Arena PE; ônibus rodam em esquema especial.


Passageiros enfrentam longas filas em terminais de ônibus na noite desta quinta (Foto: Paulo Ricardo Sobral/TV Globo)

O metrô do Recife voltou a interromper o funcionamento de todo o sistema nesta quinta-feira (5) temendo confusão entre torcedores que iria usar o transporte para ir ao jogo entre Náutico e Salgueiro na Arena Pernambuco. As estações foram fechadas às 16h45 por falta de segurança. Ao todo, circulam 23 trens nas plataformas, sendo 14 na linha Centro e nove na linha Sul, de acordo com a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). Com a paralisação, cerca de 400 mil passageiros que dependem do transporte no horário de pico ficam prejudicados. O sistema só será reaberto a partir das 5h da sexta-feira (5).

O funcionamento já havia sido interrompido no sábado (31) e no domingo (1º), devido às condições de segurança das estações e atos de vandalismo atribuídos a torcidas organizadas. Nesta quinta-feira (5), o Náutico recebe o Salgueiro em jogo pela Copa do Nordeste na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata. Um dos principais acessos da torcida ao estádio costuma ser feito através do metrô.
Segundo o coordenador de Operações do metrô, Sérgio Murilo Esteves, as estações fecharam a partir das 16h45. "Os maquinistas, junto com o Sindicato [dos Metroviários de Pernambuco], após verificarem o documento enviado pela Polícia Militar, entenderam que o reforço de segurança não era suficiente", detalhou, acrescentando que a empresa "ainda vai analisar as medidas administrativas". A reportagem procurou a Polícia Militar, mas não conseguiu contato.
Paradas de ônibus lotadas
Com as estações do metrô fechadas, usuários de transporte público enfrentaram longas filas em terminais de ônibus na noite desta quinta. O porteiro Claudevan José de Assis disse que o terminal do Cais de Santa Ria, no Centro da capital, estava um caos. "Tá muito ruim, um caos. Vou chegar em casa às 22h. Não tem condições. Pai de família é quem paga. Tem que botar segurança no metrô, botar polícia".

Sem metrô, usuários de transporte público lotam Terminal do Cais de Santa Rita, no Centro da capital (Foto: Paulo Ricardo Sobral/TV Globo)
A dona de casa Valdilene Neves reclamou da espera de quase duas horas na fila do mesmo terminal, no Recife. "Se o metrô tivesse funcionando estaria em casa 40 minutos. Daqui pra chegar em Jaboatão [na Região Metropolitana], o ônibus vai enfrentar engarrafamento".
Esquema especial de ônibus
Com a paralisação do metrô, o Grande Recife Consórcio de Transporte mudou o esquema de transporte público. Para seguir até a Arena Pernambuco, os torcedores devem se ir até oTerminal Integrado de Camaragibe, usando as linhas troncais que atendem ao TI. De lá, devem pegar a linha especial Camaragibe/Arena.

Outra opção para chegar à Arena é se dirigir para o Terminal Integrado do TIP, que também contará com uma linha especial, a TI TIP/Arena, que atenderá aos torcedores. Ao final da partida, os mesmos ônibus fazem o trajeto de volta aos terminais. Outras informações sobre ônibus podem ser obtidas pela Central de Atendimento ao Cliente (0800-081-0158).
Vandalismo
O funcionamento do metrô foi suspenso duas vezes no fim de semana. No sábado, a operação foi suspensa a pedido do Sindicato dos Metroviários de Pernambuco (Sindmetro), depois de confusões de torcida nas estações Joana Bezerra, Afogados e Barro. Dois trens foram depredados e passageiros e funcionários foram agredidos. As linhas Centro e Sul foram fechadas.

Já no domingo, os trens das duas linhas circularam das 5h às 12h20. No entanto, como não houve o reforço policial solicitado pelos funcionários, a categoria decidiu só retomar as atividades na segunda (2).
Fonte G1 PE