JUSTIÇA DETERMINA QUE PE DÁ SORTE DEVOLVA O DINHEIRO DE QUEM COMPROU ÚLTIMO CERTIFICADO

O último sorteio não aconteceu por causa da suspensão das atividades do cursoFoto: Divulgação/PF-PE
A Justiça Federal em Pernambuco (JFPE) determinou nesta quarta-feira (11) que a empresa responsável pelo Pernambuco dá Sorte devolva aos apostadores o dinheiro gasto com a compra dos certificados referentes ao último sorteio do título de capitalização, que não aconteceu por causa da suspensão das atividades da Probem Pernambuco Administração e Prestação de Serviços.


Os consumidores que compraram o certificados do sorteio de número 262, que aconteceria no dia 16 de novembro de 2014, serão ressarcidos do valor gasto. O sorteio não aconteceu porque no dia 12 daquele mês foi deflagrada a Operação Trevo, que investiga irregularidades no funcionamento de organizações criminosas que usavam empresas filantrópicas para lavagem de dinheiro derivado de bingos.

Os consumidores devem comparecer entre os dias 22 de fevereiro e 6 de março no endereço situado à Avenida Caxangá, nº 2636, no bairro do Cordeiro, no Recife, para retirar o dinheiro gasto com a compra do certificado.

Para isto, devem levar um documento oficial com foto e o certificado devidamente selado.

Fonte NE 10