DETRAN-PE MUDA PROVA PARA ESTIMULAR MOTORISTAS A CONVIVER COM CICLISTAS

Mudanças na prova prática foram anunciadas na sede do
Detran (Foto: Paulo Maciel / Detran-PE)
A ideia da bicicleta como meio de transporte vai ser reforçada no currículo dos centros de formação de condutores de Pernambuco e cobrada nas provas para tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no estado. As mudanças nas provas práticas, assim como o curso que vai capacitar os instrutores das autoescolas, foram anunciados nesta segunda-feira (23), na sede do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), no Recife.
O objetivo da mudança é promover uma convivência mais pacífica entre motoristas e ciclistas, a partir da divulgação e da cobrança do respeito ao que diz o Código de Trânsito Brasileiro. "A gente precisa respeitar e saber que existe no Código de Trânsito a distância de 1,5 metro [que o motorista deve manter da bicicleta]. Muito motorista pergunta como vai ser isso na prática. É simples, a gente mentaliza uma porta de carro aberta. Isso é 1,5 metro de distância da bicicleta", explicou a coordenadora do Escritório de Bicicletas de Pernambuco, Rosaly Almeida.
Entre os pontos que os motoristas devem estar atentos estão: dar preferência ao ciclista, não fechar ou trancar as bicicletas e reduzir a velocidade ao passar por um ciclista. Na prática, a mudança leva para o pátio de provas uma bicicleta, que passa a ser item a ser respeitado no teste para os futuros condutores já a partir de abril.
Convivência harmoniosa de motorisas com bicicleta é
objetivo da mudança. (Foto: Katherine Coutinho / G1)
"Essa mudança se dá logo agora no mês de abril, quando os condutores forem prestar exame prático, também vão ter uma bicicleta para que se possa fazer o teste. A distância mínima, o lado direito para a bicicleta, dando sempre prioridade estão entre os itens avaliados", explicou o diretor-presidente do Detran-PE, Charles Ribeiro.
Outra mudança será a utilização do bafômetro, também a partir de abril. Antes de fazer a prova prática, os candidatos terão de passar pelo teste. "É muito mais uma questão educativa, para que haja a conscientização do motorista. Não temos notícia de motorista que tenha vindo alcoolizado ainda", disse Ribeiro.
Para que os futuros motoristas sejam conscientizados, o Detran lançou ainda um curso para formação de condutores, "Bicicleta como modal de transporte". A expectativa é que, até o fim de março, 2.541  instrutores sejam capacitados na Região Metropolitana do Recife e no interior do estado. São quatro horas de aula, em turmas pela manhã, à tarde e à noite, totalmente gratuitas. Outras informações sobre o curso podem ser obtidas pelo site do Detran.
Fonte G1 PE