UM SONHO QUE NÃO SAIU DO PAPEL

Terreno destinado ao campus IFEPE m Abreu e Lima
No dia 16 de agosto de 2011, a presidente da república Dilma Rousseff participava de uma cerimônia em Brasília, na qual foi anunciada as futuras instalações do Campus do IFEPE em Pernambuco, nos municípios de Abreu e Lima, Cabo de Santo Agostinho, Igarassu, Jaboatão, Olinda, Palmares e Paulista.

No ano seguinte exatamente no dia 09 de março, a prefeitura de Abreu e Lima junto com seus secretários colocaram os documentos em dias para a futura instalação do Campus no município. Já se passaram mais de dois anos e nada saiu do papel, apenas as cidades do Paulista, Igarassu e Olinda é que possuem uma sede provisória da instituição. Alunos e trabalhadores das cidades que receberam os campus estão decepcionados com esta falta de compromisso do governo federal com a população.

Os cursos que serão ministrados nas instituições dessas cidades já foram definidos, porém nenhum dos prédios prometidos saíram do papel.
A prefeitura de Abreu e Lima cedeu o terreno localizado as margens da BR-101 próximo a nova feira livre; nossa equipe teve acesso ao local e constatou que o terreno está tomado por mato e não se encontra nada construído.


A população de Abreu e Lima e das outras cidades que ganharam os campus esperam que toda essa situação seja resolvida em breve pelas autoridades maiores, quem sabe se após as eleições os tão sonhados campus do IFEPE finalmente saiam do papel e deixe de ser promessa.

Terreno destinado ao campus IFEPE em Abreu e Lima:




Fotos Wallinson Santana
Reportagem Wallinson Santana (diretor de reportagem do Portal Abreu e Lima em Destaque)