TRABALHADORES DOS CORREIOS PROMETEM PARALISAR ATIVIDADES NA PRÓXIMA SEMANA

Durante assembleia, categoria rejeitou proposta de aumento salarial da estatal


Os trabalhadores dos Correios de Pernambuco prometem paralisar as atividades a partir da 0h do próximo dia 18 de setembro. Eles rejeitaram proposta de aumento salarial feita pela direção da Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) durante Assembleia Geral da categoria, realizada na última terça-feira (09), na sede do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios em Pernambuco (Sintect-PE), em Santo Amaro, área central do Recife. Os Correios ofereceram um reajuste de 6,5% na remuneração dos funcionários. Segundo os trabalhadores, contudo, a proposta não equivale a um aumento real.
A próxima assembleia da categoria está agendada para o dia 17 deste mês. Os ecetistas devem analisar nova proposta da ECT, já que mais uma rodada de negociações com a empresa está programada para a próxima segunda-feira (15).
Segundo a assessoria do Sintect-PE, os empregados reivindicam 6,40% de aumento referente ao IPCA; aumento real de 8%; 11,30% de reposição das perdas salariais desde 1994; reajuste linear de R$300; Piso Salarial de R$3.079,31; vale-refeição e alimentação de R$40 ao dia; além de cesta básica de R$400 ao mês. Segundo o Sindicato, a remuneração base dos trabalhadores é de R$1.084.
Fonte:Folha Pe