TRECHO DA BR-101 SERÁ INTERDITADO NESTE DOMINGO PARA CONSTRUÇÃO DE PASSARELA

Bloqueio vai acontecer da meia-noite até às 04h. Motoristas deverão desviar por atalho


Da meia-noite até às 04h deste domingo (26), um trecho da BR-101, mais precisamente em frente à fábrica da Bombril, em Abreu e Lima, estará interditado por conta da construção da rampa que ligará a passarela de pedestres do Terminal Integrado de Passageiros do município. Os motoristas que quiserem seguir pelo trecho terão que fazer um retorno mais a frente na PE-15. A obra se repetirá no domingo seguinte (02), no mesmo horário.
Os motoristas que desejarem seguir pelo caminho da BR-101 terão como rota alternativa o retorno localizado 1 km à frente, na PE-15, no sentido Paulista. O acesso localiza-se nas imediações do Hospital Miguel Arraes. O Consórcio EMSA / ATERPA e a empresa terceirizada Hispano, responsáveis pela obra, junto com o Batalhão da Polícia Rodoviária Federal (BPRV) auxiliarão na sinalização do local para evitar transtornos durante o bloqueio.
A obra faz parte do TI Abreu e Lima, de responsabilidade da Secretaria das Cidades, que será inaugurado em março de 2014. A rampa será uma dos quatros conexões para passarela de pedestres, que será ligado ao TI e passará sobre a BR-101. O Terminal Integrado atende uma carência da população local desde a desativação do antigo terminal, desativado para inauguração do TI Pelópidas Silveira, e consequentemente também diminuirá a demanda no TI da PE-15.
A previsão é de oito linhas, com 33 frotas, sendo 14 do BRT, que atuarão no novo terminal. A meta é realizar diariamente 374 viagens, que atenderá 30 mil pessoas, beneficiando diretamente seis comunidades próximas ao TI Abreu e Lima: Caetés I, Caetés II e Caetés III, Desterro e os loteamentos Planalto e Bonfim.
O TI Abreu e Lima faz parte do corredor Norte/Sul que passará pelos municípios de Igarassu, Abreu e Lima, Paulista, Olinda e Recife. O percurso de 33,2 km vai ter 29 estações interligadas a quatro terminais integrados: Igarassu, Abreu e Lima, Pelópidas Silveira e PE-15. A expectativa é atender a uma demanda de 300 mil passageiros por dia quando o corredor estiver funcionando o sistema de Transporte Rápido de Ônibus (TRO).
Via : Folha PE