DEPOIS DE FISCALIZAÇÃO, MASTERBOI É NOTIFICADA PELA PCR E TEM 20 DIAS PARA RETIRAR PRODUTOS

A empresa Masterboi, localizada na Imbiribeira, foi interditada nesta quarta-feira (29) pela Prefeitura do Recife e tem 20 dias para remover cerca de mil toneladas de produtos estocados nas câmaras frigoríficas. Durante o prazo, a empresa também deve adotar um plano emergencial de contingência.
As medidas foram determinadas após nova vistoria conjunta realizada pelas equipes das secretarias de Meio Ambiente, Saúde e Defesa Civil.
Durante a vistoria, as equipes constaram que a tubulação de onde partiu o vazamento de gás ocorrido na segunda (26) foi soldada e o local não apresenta mais o cheiro forte de amônia.
A empresa comunicou que, até momento, foram retiradas 60 toneladas de produtos das câmaras e transportadas para outros armazéns por meio de carretas contratadas. Afora os órgãos municipais e a Adrago, a inspeção foi acompanhada por lideres da comunidade 7 de maio, que fica por trás do empreendimento.
A Secretaria de Meio Ambiente e a Vigilância Sanitária determinaram a retirada dos alimentos porque a Masterboi precisa fazer diversas adequações na estrutura e se regularizar junto ao município. Só depois disso, o empreendimento pode reabrir. Durante os próximos 20 dias, o compressor do sistema de refrigeração que foi responsável pelo vazamento de gás amônia permanecerá desligado. Mas, outras duas máquinas continuarão funcionando para que os produtos existentes no local não estraguem.
A Masterboi ainda terá implantar uma série de medidas preventivas, a exemplo de sistema de alarme, sinalizações e sensores para detecção de vazamento. Mesmo assim, os órgãos de controle do município já advertiram que, ao menor sinal de um novo vazamento, a empresa terá imediatamente todas as câmaras frigoríficas fechadas, as máquinas desligadas e os alimentos incinerados.
Fonte;Blog Do jamildo