PISO DE R$ 800 COMEÇA A VALER ESTE MÊS PARA COMERCIÁRIOS DO RECIFE - Portal Abreu e Lima em Destaque

Notícias

Portal  Abreu e Lima em Destaque

O maior Portal de Notícias da cidade de Abreu e Lima-PE

test banner

Post Top Ad

test banner

Post Top Ad

test banner

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

PISO DE R$ 800 COMEÇA A VALER ESTE MÊS PARA COMERCIÁRIOS DO RECIFE

Remuneração passará de R$ 726 para R$ 800 a partir do próximo pagamento


Os contracheques dos 110 mil comerciários recifenses virão mais recheados no próximo pagamento. Isso porque os sindicatos dos Empregados no Comércio do Recife (SECR) e dos Lojistas do Comércio do Recife (Sindilojas Recife) encerraram a campanha salarial 2013 comum acordo que agradou as duas partes. Com o aumento de 10,19%, o piso salarial dos comerciários passa de R$ 726 para R$ 800.
Para quem recebe valores superiores ao salário base, o reajuste foi de 8,5%. O aumento é válido para todos os funcionários do comércio recifense, incluindo os que atuam em lojas de shoppings centers. A nova remuneração começa a valer neste mês de setembro, mas é retroativa ao dia 1º de julho. Os reajustes deste ano foram superiores aos conseguidos na campanha passada, de 10% e 6,9%, respectivamente - índices superiores, também, ao valor médio dos reajustes brasileiros em 2012, de 5,62%, segundo dados do Dieese.
Presidente do Sindicato dos Empregados, Severino Ramos afirmou não conhecer nenhum local onde os trabalhadores do comércio tenham obtido, neste ano, percentuais deste porte. “A média salarial é superior a R$ 1,2 mil e boa parte dos trabalhadores ganha acima do piso, já que ganha por comissão. Mas o piso é necessário por ser uma garantia da categoria”, afirmou.
No total, foram realizadas três rodadas de negociações com o Sindilojas Recife, que foram iniciadas no começo deste mês. De acordo com Severino Ramos, os bons índices são reflexo do momento vivido por Pernambuco. “Pedimos 15% porque temos que ter um plano negocial realista. Argumentamos que o comércio pernambucano vem crescendo de cinco anos para cá, que é promissor, e isso precisa ser repassado para os funcionários.
Toda negociação tem momentos tensos, mas conseguimos o acordo no diálogo”, comentou. A nova convenção coletiva da categoria conta, ao todo, com 74 itens. Além dos reajustes salariais, entraram no acordo um acréscimo de 28,57% na ajuda alimentação, que passa de R$ 70 para R$ 90; e um aumento de R$ 2 na ajuda de custo para o domingo, que passa para R$ 15; e para os feriados, que passam para R$ 21.
A quebra de caixa, de 10% do piso salarial, passa de R$ 72,60 para R$ 80. “Os novos valores já devem ser repassados agora, mas algumas empresas já fecharam a folha do mês. Nesse caso, elas deverão pagar o retroativo no salário de agosto”, ressaltou Ramos.
Via: Folha PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

test banner