MPPE PEDE DEVOLUÇÃO DE R$ 4,6 MI DO SÃO JOÃO DE PETROLINA - Portal Abreu e Lima em Destaque

Notícias

Portal  Abreu e Lima em Destaque

O maior Portal de Notícias da cidade de Abreu e Lima-PE

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here
Responsive Ads Here

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

MPPE PEDE DEVOLUÇÃO DE R$ 4,6 MI DO SÃO JOÃO DE PETROLINA

O prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio (PMDB), definitivamente não atravessa uma de suas melhores fases. Após ter sido cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) – e com isso ter os seus direitos políticos suspensos por oito anos -, o peemedebista agora poderá ter que ressarcir R$ 4,6 milhões referentes ao São João de Petrolina de 2011. O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) entrou com uma ação de improbidade administrativa por conta dos gastos com as empresas envolvidas nos festejos juninos daquele ano.
O pedido foi realizado pela  2ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania de Petrolina, curadora do Patrimônio Público e Social, através de solicitação de liminar pela indisponibilidade de bens no valor de  R$ 4.540.015,00.

A Promotoria de Justiça estava investigando os gastos com o São João de 2011 da cidade de Petrolina mediante o inquérito civil nº 001/2013, quando detectou indícios de fraudes nos procedimentos licitatórios para contratações dos artistas, cotas de patrocínio e estruturação do evento que beneficiou as empresas em detrimento aos cofres públicos.
Por ser ação civil pública e medida de transparência, os interessados poderão acompanhar através da internet (www.tjpe.jus.br) a tramitação no âmbito do Poder Judiciário .

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here