BANDIDO É MORTO APÓS MOTORISTA DE KOMBI DO HOSPITAL DA MIRUEIRA REAGIR A ASSALTO - Portal Abreu e Lima em Destaque

Notícias

Portal  Abreu e Lima em Destaque

O maior Portal de Notícias da cidade de Abreu e Lima-PE

test banner

Post Top Ad

test banner

Post Top Ad

test banner

terça-feira, 3 de setembro de 2013

BANDIDO É MORTO APÓS MOTORISTA DE KOMBI DO HOSPITAL DA MIRUEIRA REAGIR A ASSALTO

Uma tentativa de assalto terminou na morte de um bandido na tarde desta terça-feira (03), nas proximidades do Terminal Integrado Pelópidas Silveira, em Paulista, Região Metropolitana do Recife (RMR).
Tudo aconteceu depois que o motorista do Hospital Geral da Mirueira, localizado no bairro de mesmo nome, identificado como Vandilson Batista dos Santos, de 60 anos, deu uma carona para Jânio José Evangelista, 51. Ele dirigia uma Kombi, de placa KIY-6223, de uso exclusivo do Estado, e iria efetuar um pagamento para a unidade de saúde quando encontrou, no meio do caminho, o suspeito, que lhe informou que estava passando mal e precisava de ajuda. Solidário, o condutor resolveu deixar o homem - que mais tarde o ameaçaria com uma peixeira - entrar no veículo.
Quando chegaram perto do TI Pelópidas Silveira, já em Paulista, o rapaz puxou uma faca e anunciou o assalto. Foi então que Vandilson reagiu e, após uma briga corporal, conseguiu tomar a arma e desferiu três golpes contra o assaltante. Jânio José, que era morador da comunidade da Mirueira e também conhecido "de vista" do motorista, não resistiu aos ferimentos e morreu antes de receber atendimento. Já Vandilson ficou com ferimentos leves e foi internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Jardim Paulista.
Segundo a delegada Gleide Ângelo, dentro da pochete do suspeito foi encontrado gaze e colorau, utensílios utilizados por ele para simular uma ferida e assim conseguir convencer o condutor a dar-lhe carona. “Ele já sabia que naquele horário a Kombi sairia com a maleta de cheques do hospital. Então aproveitou que conhecia o motorista e preparou a investida”, informou. Ela acrescentou que não vai autuar Vandilson em flagrante por homicídio, já que tudo leva a entender que ele foi vítima de um assalto e agiu em legítima defesa.
Junto ao corpo, peritos do Instituto Médico Legal (IML) encontraram um alvará de soltura. Ainda não se sabe o porquê do documento estar com o rapaz e nem se era de propriedade dele. O que se sabe até agora é que ele era ex-presidiário e que já tinha cumprido pena por roubo. 
Via: Folha PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

test banner