Terezinha Nunes registra 31 anos de emancipação de Abreu e Lima

A deputada Terezinha Nunes, do PSDB, registrou, nesta terça (14 de maio), os 31 anos da emancipação política de Abreu e Lima. A região surgiu de um povoado no Engenho Jaguaribe e virou município em 1982, quando foi desmembrada de Camaragibe. Seu nome é uma homenagem ao revolucionário José Inácio de Abreu e Lima.
De acordo com a deputada, a cidade tem um dos comércios mais fortes da Região Metropolitana e conta com um parque industrial em ascensão, com empresas nacionais e multinacionais abrigadas no local. 
Segundo Terezinha, com a receita de aproximadamente 86 milhões de reais, Abreu e Lima tem como cultura agrícola a produção de mandioca e cana-de açúcar e, no artesanato, crochê, tapeçaria e esculturas em madeira e barro. A tucana parabenizou o prefeito Pastor Marcos José pelo trabalho desempenhado no município. (M.S.)