Em Pernambuco, promotor pede cassação de atual prefeito, prefeito e vice eleitos



O atual prefeito de Abreu e Lima, Flávio Gadelha (PMDB), o prefeito e o vice-prefeito eleitos, Pastor Marcos José (PT) e Josias Pereira de Azevedo (PMDB), respectivamente, além do vereador Elivaldo de França Oliveira, mais conhecido como “Marinheiro” (DEM), têm até o dia 5 de novembro para apresentar defesa a respeito de um pedido de cassação do registro de candidaturas e dos diplomas feito pela Justiça Eleitoral do município. A ação é do promotor Roberto Brayner, que acusa os quatro de captação ilícita de sufrágio (compra de votos).
Flávio Gadelha, atual prefeito de Abreu e Lima, por meio de sua assessoria, confirmou a notificação e acrescentou que, com relação aos trabalhos sociais realizados pela prefeitura, está tudo dentro da legalidade. Ele afirmou ainda que no momento oportuno vai poder provar que a denúncia não procede. Procurado pelo G1, o vice eleito Josias Pereira informou que não quer se pronunciar sobre o caso. Já o prefeito eleito Pastor Marcos José e o vereador Marinheiro foram procurados pela equipe do portal, mas não foram localizados para comentarem o assunto.

O pedido foi protocolado pelo promotor no último dia 11 de outubro e aguardava a intimação dos políticos para chegar ao juiz eleitoral de Abreu e Lima. Na última terça-feira (23), o chefe do cartório da cidade, Eduardo Tadeu, conseguiu intimar Josias Pereira de Azevedo e Elivaldo de França. Na quarta (24), foi feita a intimação do Pastor Marcos. Por fim, nesta quinta (25), os representantes de Flávio Gadelha foram encontrados e as intimações, concluídas. Agora, o prazo para os quatro apresentarem defesas é de cinco dias corridos.

De acordo com a denúncia da promotoria, os três candidatos foram apoiados pelo atual gestor, que teria usado a máquina para favorecê-los – ele teria participado da produção de um vídeo de propaganda eleitoral em que os órgãos e serviços públicos são usados como cenário. Por isso, Gadelha também é acusado de “conduta vendada a agentes públicos em período eleitoral”.

Sobre a compra de votos, Roberto Brayner teria flagrado em 5 de outubro – dois dias antes das eleições – a distribuição de telhas e vigas de madeira para telhado aos eleitores no bairro do Fosfato, uma das comunidades mais carentes de Abreu e Lima. O material teria sido prometido pelo vereador reeleito Marinheiro.

O promotor também teria visto cópias dos títulos eleitorais dos beneficiários numa ficha de cadastro. Além disso, material de propaganda eleitoral dos candidatos foi encontrado dentro de um veículo da Secretaria de Ação Social do município, que fazia a distribuição de cestas básicas.

De acordo com o cartório eleitoral, apesar de o prazo para os acusados apresentarem defesa ser de cinco dias, como será feriado na quarta, quinta e sexta para os servidores da Justiça Eleitoral da cidade (emancipação de Abreu e Lima, Dia do Servidor Público e Dia de Finados, respectivamente), o prazo deve ser estendido até 5 de novembro. Após apresentada a defesa, o juiz deve marcar audiência.

19 comentários

Click here for comentários
Anônimo
admin
sábado, 27 de outubro de 2012 01:10:00 BRT ×

Caso bem interessante esse. Abreu e Lima completou 30 anos de emancipação política em 2012. Durante a maior parte desse período governado por Jerônimo Gadelha, que sempre se aproveitou da máquina administrativa para tirar votos dos eleitores a seu favor e, até obrigava com ameaças parte dos funcionários da prefeitura a trabalharem em campanhas políticas e, até fazerem boca de urna sob a pena de serem demitidos caso contrário e nunca foi questionado ou denunciado pela justiça eleitoral por tais condutas. Tenho funcionários da prefeitura amigos meus que vi em eleições passadas sob esse jugo. Além de que a justiça eleitoral(TRE e TSE), já sabendo que JG seria impugnado, foi conivente deixando que fosse divulgada essa decisão apenas 3 dias antes da eleição tempo suficiente para que ele e sua corja pudesse armar alguma estratégia como a de lançar sua filha candidata achando com isso, que iria conseguir elegê-la. Depois de levarem uma surra nas urnas e perderem a eleição, é no mínimo questionável está decisão de denunciar o candidato eleito Pastor Marcos que, na burrice de marinheiro de supostamente estar comprando votos, pelo que é fato, não foi pego em flagrante participando de tal evento. Se marinheiro foi realmente flagrado com tal conduta, que ele seja punido. Mas não venham querer fazer arrumadinhos para abrir brechas para favorecer JG ficha suja e sua corja. Abre o olho Abreu e Lima.

Reply
avatar
Anônimo
admin
sábado, 27 de outubro de 2012 06:15:00 BRT ×

Mais UMA VEZ,os ficha sujas em questão são o quarteto faNtastico,não JG.
JUSTIÇA SEJA FEITA,VOTEI EM NULO,MAS SOU MORADOR DE ABREU E LIMA E QUERO RESPOSTA,PARABENS PROMOTOR!!!
meu querido do comentario acima,quem tem que abrir o olho é vc defendendo esses nojentos compradores de votos,JUSTIÇA JÁ,só quero lembrar q a compra de votos não necessariamente deverá partir do candidato principal,babão...

Reply
avatar
Anônimo
admin
sábado, 27 de outubro de 2012 10:20:00 BRT ×

Você que postou esse comentário a respeito do meu, não conhece nada de democracia. Fica criticando o comentário dos outros de forma ofensiva. Não estou defendendo ninguém, apenas não quero a possibilidade de ver ladrões de volta na prefeitura. Aliás você diz que sou babão mas provavelmente você, é um dos que comiam dos roubos de Jerônimo Gadelha. Por isso que você quer que seja impugnada a eleição do pastor. Na minha opinião poderia ser Cícero, Dr. Marcos ou Amélia Salviano, qualquer um você defenderia que fosse impugnado para JG e sua raça podre voltar a roubar Abreu e Lima junto com você.

Reply
avatar
Anônimo
admin
sábado, 27 de outubro de 2012 13:46:00 BRT ×

Parece que já assisti a este filme.

Vai sobrar pra Marinheiro...

Reply
avatar
Anônimo
admin
sábado, 27 de outubro de 2012 15:53:00 BRT ×

PROMOTOR ROBERTO BRAYNER PARABÉNS, JUSTIÇA SEJA FEITA

Reply
avatar
Anônimo
admin
sábado, 27 de outubro de 2012 15:58:00 BRT ×

PROMOTOR ROBERTO BRAYNER,JUSTIÇA SEJA FEITA

Reply
avatar
Anônimo
admin
sábado, 27 de outubro de 2012 16:46:00 BRT ×

LEI DA FICHA LIMPA NELES,parabens PROMOTOR,JUSTIÇA SEJA FEITA, fico com os dois comentários.

Reply
avatar
Anônimo
admin
sábado, 27 de outubro de 2012 18:04:00 BRT ×

DUAS DUPLAS QUE VAI FICAR NA HISTÓRIA.O PROMOTOR ROBERTO BRAYNER E O DR.JOAQUIM BARBOZA.JUSTIÇA SEJA FEITA,LEI DA FICHA LIMPA NELES.

Reply
avatar
Anônimo
admin
sábado, 27 de outubro de 2012 20:48:00 BRT ×

Um pouco de informação e didática não faz mal a ninguém. Lei da Ficha Limpa: Lei complementar n 135/2010 criada em 05/05/10 e ratificada em 04/07/10; autor: iniciativa popular através do excelentíssimo Juiz Márlon Reis, que torna inelegível por 8 anos quem tiver mandato cassado ou condenação por decisão de órgão colegiado(com mais de um juiz), mesmo que exista possibilidade de recurso. Fonte: Wikipédia. Crimes enquadrados na lei da ficha limpa: contas rejeitadas pelo tribunal de contas(TCE), condenações criminais(com base no código penal), conflitos partidários, falta de documentação e ataso em pagamento de multas. Fonte: Folha de Pernambuco. Depois desse resumo quem deve ser enquadrado na lei da ficha limpa? Quem foi eleito pelo povo com mais de 26 mil votos ou quem já foi preso, sempre teve suas contas rejeitadas pelo TCE e que assumiu publicamente em comício que não seria mais candidto por que é ficha suja ou seja: JG? Ah, por favor; antes de vocês meterem o cacete em mim e no meu comentário, verifiquem as informações nas fontes citadas e vejam em quais crimes da lei o pastor Marcos José está se enquadrando. Lei da ficha limpa é muito diferente do que estão querendo aplicar. Cuidado Abreu e Lima!

Reply
avatar
Anônimo
admin
sábado, 27 de outubro de 2012 21:19:00 BRT ×

muito bem a justiça tem que ser feita! ficha limpa nesses ficha podre! muito bem promotor! Abreu e Lima merece respeito!

Reply
avatar
Anônimo
admin
sábado, 27 de outubro de 2012 22:21:00 BRT ×

JUSTIÇA TEM QUE SER FEITA,LEI DA FICHA LIMPA NELES.PARABEÉNS PROMOTOR ROBERTO BRAYNER.

Reply
avatar
Anônimo
admin
domingo, 28 de outubro de 2012 00:07:00 BRT ×

A ação é do promotor ROBERTO BRAYNER que acusa os quatro de CAPTAÇÃO ILÍCITA DE SUFRAGIO ou seja (COMPRA DE VOTOS).

Reply
avatar
Anônimo
admin
domingo, 28 de outubro de 2012 00:23:00 BRT ×

LEI DA FICHA LIMPA NELES,(COMPRA DE VOTOS).JUSTIÇA SEJA FEITA,A AÇÃO É DO PROMOTOR.

Reply
avatar
Anônimo
admin
domingo, 28 de outubro de 2012 07:54:00 BRT ×

VOCÊS NEM SABE O QUE É A LEI DA FICHA LIMPA OU EM QUE ELA SE BASEIA BANDO DE ANALFABETOS, VÃO ESTUDAR OU PROCURAR SABER ANTES DE VIR FALAR MERDA AQUI, O ÚNICO CANDIDATO FICHA SUJA E JG E PONTO FINAL, E VOCÊS ESTÃO QUERENDO QUE ELE VOLTE PARA IR LÁ PARTICIPAR DO MERECE OU NÃO MERECE GANHAR UMA ESMOLA DELE, MAS SINTO MUITO O PREFEITO E O PR. MARCOS JOSE KKKKKKKK

Reply
avatar
Anônimo
admin
domingo, 28 de outubro de 2012 10:43:00 BRT ×

Nçao tem nada a ver FICHA LIMPA com COMPRA DE VOTOS.

Essa turma de JG é analfabeta mesmo!!!!

Reply
avatar
Anônimo
admin
domingo, 28 de outubro de 2012 11:03:00 BRT ×

pra você do comentário acima que se acha muito instruído, explique você mesmo o que significa a LEI DA FICHA LIMPA. se tiver o mandato cassado a ficha já esta é podre, justiça neles. (sabichão)

Reply
avatar
Anônimo
admin
domingo, 28 de outubro de 2012 14:20:00 BRT ×

COMPRAS DE VOTOS,LEI DA FICHA LIMPA NELES,JUSTIÇA SEJA FEITA,VAMOS LÁ PROMOTOR ROBERTO BRAYNER SUA NOTA É 10 E VAI 1OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO.

Reply
avatar
Anônimo
admin
domingo, 28 de outubro de 2012 15:30:00 BRT ×

A ação é do promotor ROBERTO BRAYNER que acusa o QUARTETO de captação ilícita de sufrágio,ou seja (COMPRA DE VOTOS).valeu PROMOTOR,JUSTIÇA SEJA FEITA.Que fique bem claro a ação é do PROMOTOR.

Reply
avatar
Anônimo
admin
quinta-feira, 1 de novembro de 2012 14:12:00 BRT ×

tem gente aki q se acha o "Sabe Tudo", rum...

Reply
avatar