Feira de Abreu e Lima agora em novo espaço


Após seis anos de obra e várias promessas, mais de 400 feirantes têm, desde a última sexta, lugar com mais infraestrutura para trabalhar, às margens da BR-101

A espera foi longa, mas a nova feira de Abreu e Lima finalmente foi inaugurada, na última quinta-feira, após seis anos de obras e promessas. Fixada por décadas na Praça Antônio Vitalino, no Centro, o comércio funcionava à base do improviso, sem condições de higiene e de segurança para trabalhadores e consumidores. Quando as tendas e bancos da antiga feira foram retirados do espaço público, apareceram até ninhos de ratos no meio da bagunça. Agora, os feirantes trabalham no novo espaço, às margens da BR-101, com 40 metros quadrados, cinco vezes maior que o anterior. A Praça Antônio Vitalino vai virar pátio de eventos e deve receber, ainda este mês, o Festival Multicultural de Abreu e Lima.
De acordo com a prefeitura, mais de 400 feirantes foram cadastrados e deslocados para o recém-inaugurado espaço, estruturado com balcões, boxes e quiosques. O investimento do município chegou a R$ 2 milhões. Em frente ao local, a clientela ganhou área para estacionamento de veículos, inexistente na outra feira. Essa parte foi financiada pela Caixa Econômica Federal e custou R$ 500 mil.





A última sexta foi o primeiro dia de trabalho no espaço, que é coberto por uma estrutura metálica e fica ao lado de terreno vazio, onde a prefeitura planeja construir anexo da nova feira. “Temos área livre para ampliar o comércio e o projeto deve ser levado adiante”, anuncia o secretário de planejamento de Abreu e Lima, Carlos Cardozo dos Anjos.

Obra custou R$ 2,5 milhões, recursos do município e da Caixa Econômica Federal. Espaço agora é oito vezes maior que o anterior

Mas antes de prometer novas obras, a prefeitura ainda precisa oferecer segurança a parte dos feirantes que tem dúvidas diante da mudança. Na primeira semana de funcionamento do centro de compras, houve queixas de comerciantes quanto à disposição dos novos pontos de trabalho (alguns afirmaram que foram desprivilegiados) e ao material dos bancos fornecidos. O feirante Expedito Nunes, 54 anos, passou a manhã da sexta-feira recolhendo os pedaços que sobraram de seu antigo ponto de venda de carne. Segundo ele, depois de mais de 20 anos trabalhando na antiga feira, o Executivo municipal chegou a prometê-lo o box 25 no espaço novo, direito que, meses depois lhe foi negado.

“Vamos continuar em contato com os feirantes e trabalhar para que a nova feira funcione bem
”secretário de planejamento de Abreu e Lima, Carlos Cardozo dos Anjos

“Disseram que eu não estava mais negociando, mas isso é injustiça. Agora não sei como vou trabalhar”, diz. Para Cardozo dos Anjos, que assumiu a função de dialogar com os feirantes durante a mudança, o momento é de “esperar a poeira baixar” para, aos poucos, resolver os problemas que restaram. “Vamos continuar em contato permanente com os feirantes e trabalhar para que a nova feira funcione bem.”O secretário de planejamento do município também afirma que a Praça Antônio Vitalino, que abrigou a feira por tantas décadas, será dedetizada e revitalizada para uso dos cidadãos.
Fonte:http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/cidades/geral/noticia/2012/09/25/feira-de-abreu-e-lima-agora-em-novo-espaco-57444.php

1 comentários:

Click here for comentários
Anônimo
admin
terça-feira, 25 de setembro de 2012 22:01:00 BRT ×

Muito bom!!!!!

Congrats bro Anônimo you got PERTAMAX...! hehehehe...
Reply
avatar