Abreu e Lima promove rede entre poder executivo e a sociedade para combater a dengue - Portal Abreu e Lima em Destaque

Notícias

Portal  Abreu e Lima em Destaque

O maior Portal de Notícias da cidade de Abreu e Lima-PE

test banner

Post Top Ad

test banner

Post Top Ad

test banner

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Abreu e Lima promove rede entre poder executivo e a sociedade para combater a dengue


Pernambuco é um dos estados apontados pelo Ministério da Saúde com epidemia de dengue. Para não ser uma das cidades pernambucanas com casos da doença a Prefeitura de Abreu e Lima, na RMR, promove um grande encontro entre o poder executivo e a sociedade civil do município para unir forças e combater o mosquito transmissor da doença, Aedes aegypti.

Coordenado pela secretaria municipal e pela diretoria de Vigilância à Saúde, o encontro será nesta quinta, 1o. de março, entre 14:20 e 17 horas, no auditório da Escola Municipal Professor José Francisco Barros, na Avenida Duque de Caxias, s,n,  Centro. Enquanto o poder municipal vai mostrar como são executados os trabalhos de prevenção e combate ao mosquito vai convocar a população para ser um agente importante nesta luta. Abreu e Lima notificou confirmou 102 casos da doença entre 2005 e 2009. Os números de 2010 e 2011 ainda não foram registrados. “Mas graças a ação dos agentes de saúde os casos da doença estão reduzindo a cada ano”, conta Mônica Vasconcelos, secretária municipal de saúde de Abreu e Lima.
“Vamos promover uma grande rede de combate ao mosquito. Vamos colocar as secretarias e diretorias municipais em alerta para qualquer notificação da população”, explica Clodoaldo Borba, diretor da Vigilância a Saúde de Abreu e Lima, dando um exemplo de como uma secretaria pode colaborar. “Quando encontramos um domicilio fechado ou abandonado, acionamos a secretaria de assuntos jurídicos para solicitar uma liminar à justiça para entrarmos no imóvel e eliminar qualquer foco do mosquito”, explicou ele.
Dados do Programa de Controle da Dengue em Abreu e Lima
Recursos humanos:
01 coordenador: Médico Veterinário
05 supervisores: Agentes de Saúde e Controle de Endemias
34 Agentes focais: Agentes de Saúde e Controle de Endemias.
O município foi estratificado em 04 áreas para melhor monitoramento:
Área 01: Centro e Fosfato;
Área 02: Matinha, Desterro e Caetés Velho;
Área 03: Timbó, Caetés III e Planalto;
Área 04: Caetés I, Caetés II e Distrito Industrial.
O município possui aproximadamente 37.000 imóveis a serem trabalhados em 2 meses (ciclo), com meta de concluir  6 ciclos ano.
O programa desenvolve ações para diminuir os riscos da transmissão da doença e detectando novos casos para tratamento adequado.  Os agentes são zoneados por área com média de 1000 imóveis realizando as seguintes atividades:
  1. Inspeção domiciliar;
  2. Avaliação e orientação na conduta a ser      tomada no manejo ambiental e proteção dos depósitos desprotegidos;
  3. Tratamento mecânico nos depósitos em risco;
  4. Tratamento químico Focal (colocação de      inseticida nos depósitos de água)
  5.  Tratamento Perifocal (pulverização dos      locais de riscos potenciais de focos dos mosquitos como borracharias      ,ferro velho, lixo reciclados etc.).
O principal papel do agente é realizar o controle mecânico dos recipientes que propiciam riscos (pneu, tampas de garrafas, casca de ovo, qualquer objeto que possa acumular água), removendo para local adequado ou até mesmo modificar sua estrutura para que evite o acúmulo de água. Com a grande responsabilidade de conscientizar a população sobre sua responsabilidade neste controle da transmissão da doença, pois 90% dos casos os focos são encontrados nas residências destes moradores.

Índices de infestação Predial
Casos de Dengue confirmados nos residentes de Abreu e lima nos anos de 2005 a 2011
2005
2006
2007
2008
2009
2010
2011
26
23
22
20
11

Tabela 1. Notificação de dengue por bairro de residência e semana epidemiológica em munícipes de Abreu e Lima, 2012.
Bairro de Residência
Semana   1
Semana   2
Semana   3
Semana   4
Semana   5
Semana   6
Semana   7
Total
ALTO SÃO MIGUEL
1
0
1
1
0
1
0
4
CENTRO
4
5
1
1
3
6
2
22
CAETÉS VELHO
1
1
4
1
3
3
1
14
CAETÉS I
3
1
4
1
8
11
0
28
CAETÉS II
5
4
0
0
2
3
0
14
CAETÉS III
9
7
1
4
2
2
0
25
DESTERRO
3
3
0
0
0
1
0
7
ENGENHO NOVO
1
0
0
0
0
0
0
1
FOSFATO
2
2
0
1
1
0
0
6
MATINHA
0
1
0
0
0
0
0
1
PLANALTO
0
1
2
1
2
1
0
7
TIMBÓ
1
1
2
1
1
4
0
10
Total
30
26
15
11
22
32
3
136
Fonte: Sinan net/Ministério da Saúde /Abreu e Lima, 2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

test banner