Abreu e Lima adota sistema de tapa-buraco e conservação preventiva da malha viária


Contratado pela Prefeitura da cidade, serviço da EcoTech será apresentado para população na segunda, 07 de novembro
O exemplo bem-sucedido do Recife fez com que a cidade de Abreu e Lima (RMR) também decidisse implantar uma tecnologia de ponta para resolver os problemas de conservação e manutenção das suas ruas e avenidas. Preocupada com os buracos em sua malha viária, a Prefeitura da cidade acaba de fechar contrato com a EcoTech, empresa referência no segmento de manutenção e conservação de vias públicas.
A tecnologia será apresentada para a população de Abreu e Lima (RMR) na segunda-feira, 07 de novembro, a partir das 9h, começando na Avenida Marechal Costa e Silva e seguindo para a Rua Almirante Tamandar, no bairro do Planalto. Com a presença de autoridade locais, será demonstrado, in loco, o trabalho realizado por um dos caminhões da EcoTech. A companhia adquiriu os direitos exclusivos de licenciamento do processo nos Estados Unidos para trazer ao Brasil um método inovador, um sistema de spray para reparação e conservação do asfalto e operações de tapa-buraco, com recurso e matérias-primas que não agridem o meio ambiente.
“Nossa frota de caminhões utiliza granulados de borracha obtidos por meio da trituração de pneus descartados, com emulsões asfálticas modificadas à base de água. Cada matéria-prima é armazenada em um compartimento separado, no próprio veículo, e cada reparo leva em média o tempo máximo de três minutos”, explica João Coragem, CEO da EcoTech.
Reconhecido pela Federal Highway Administration Roads, dos Estados Unidos, o método já é utilizado em cidades como Nova York, New Orleans e Washington. A utilização de produtos biodegradáveis no processo de reparação, bem como o incremento da qualidade de vida dos moradores e do trânsito, tem despertado o interesse de outras regiões, como Abreu e Lima (RMR).
“A escolha por uma tecnologia sustentável, que respeita o meio ambiente, é um compromisso da nossa administração. Além disso, é preciso garantir uma malha viária adequada para moradores e motoristas, elevando a qualidade de vida da nossa população”, afirma Flávio Gadelha, prefeito da cidade. A EcoTech tem um contrato de um ano com a administração municipal, que investirá cerca de R$ 2.5 milhões pelo serviço.
Com sede operacional no Recife e planta industrial localizada em São Bernardo do Campo (SP), a EcoTech conta com cinco caminhões para realizar o serviço na capital pernambucana. Desde julho, quando passou a atuar no Recife, em período de intensas chuvas, a empresa conseguiu tapar cerca de 22 mil buracos em 2 meses e meio de trabalho. Segundo dados da própria Emlurb (órgão técnico da Prefeitura), cerca de 98% dos trabalhos mostraram-se realizados com sucesso.
Sobre a EcoTech
Fundada em 2010, a EcoTech é uma empresa referência no segmento de manutenção e conservação de vias públicas (estradas e rodovias), que alia em seu método de trabalho inovação, tecnologia e sustentabilidade. Com o uso de caminhões adaptados e metodologia reconhecida pela Federal Highway Administration Roads, a companhia adquiriu nos Estados Unidos os direitos exclusivos de licenciamento da sua tecnologia, que consiste em um sistema de injeção por spray para manutenção/conservação do asfalto e operações de tapa-buraco. O processo é considerado mais rápido, eficiente e econômico do que os modelos tradicionais de recuperação da pavimentação, além de utilizar matérias-primas que preservam o meio-ambiente. Acesse: www.ecotechbr.com